domingo, 25 de julho de 2010

Cansei da cor desse cabelo!!!!!

Quer mudar? Enjoou da mesma carinha??? Ta querendo dar um modificada??? Um post pra vc então, com dicas importantes se vc resolveu mudar a cor dos cabelos. Fazendo da maneira correta será um sucesso. Vamos lah:

Primeiros passos:
Se você tem o cabelo ainda na cor natural, mas quer mudar o look com uma tonalidade diferente, tem que estar atenta a alguns pontos muito importantes, para evitar arrependimento. O primeiro passo é escolher o tom com bastante cuidado. “Não mude a cor do cabelo naqueles minutos de loucura. Pense bem antes de fazer isso e pesquise, para não se arrepender depois”, aconselha Juha Antero, colorista do salão MG Hair Design. Outro ponto importantíssimo é fazer o teste de sensibilidade, para saber se você não tem alergia ao produto (as instruções do teste estão dentro da caixa da tinta, junto com o modo de usar). E nada de economizar! “Eu recomendo o uso de bons produtos, pois os cabelos das adolescentes (por exemplo)são bastante saudáveis, e os produtos de qualidade inferior estragam mais os fios”, diz Rodrigo Cintra, cabeleireiro do programa Esquadrão da Moda, do SBT. Rodrigo também aconselha o tonalizante, ao invés da tintura, para quem está começando a tingir os cabelos. “Eles utilizam oxidantes mais fracos que as outras colorações e agridem menos os fios.”
 
Escolhendo a cor :
Os seus cabelos não ficarão, necessariamente, da mesma cor das madeixas da modelo estampada na frente da caixinha da tintura. Preste atenção na parte de trás da embalagem. Lá, você encontra uma escala de resultados de acordo com a sua cor natural. Aproveite enquanto está fazendo o teste de sensibilidade para tingir uma pequena mecha de cabelo. “Assim, você terá uma ideia de como será o resultado. Muitas vezes, a cor não fica uniforme nos cabelos, daí você também já vê. Os loiros, por exemplo, tendem a ficar mais escuros na raiz e mais claros nas pontas”, ensina Juha. Mas, se quiser clarear mais que dois tons abaixo da sua cor natural, o colorista recomenda que você procure um salão, pois as chances de você não atingir o resultado desejado (e acabar estragando os fios) são grandes. Uma dica do Rodrigo para quem vai tingir em casa é procurar uma loja de cosméticos para comprar a tintura. “Muitas lojas especializadas têm promotoras das marcas, e elas podem ajudar na escolha do produto”, avisa.
 
Com outros produtos:
Para as meninas que já têm os fios quimicamente tratados, como alisamento ou escova progressiva, o cuidado deve ser extra. Se você utilizou algum produto com amônia, fique longe das tinturas. A combinação desses produtos pode literalmente destruir seu cabelo, deixando seus fios superfracos e quebradiços e causando até mesmo a queda. “Se ela tiver escova progressiva pode usar qualquer tipo de produto. Mas tem que prestar atenção, pois não existe escova progressiva com amônia. A verdadeira escova progressiva não usa amônia”, lembra Rodrigo. Portanto, se sua escova progressiva usou essa substância, o que você fez foi, na verdade, um alisamento. E, portanto, deve obedecer a seguinte regra: tinturas, nem pensar! Mas o ideal, mesmo, é procurar um salão. Um cabeleireiro profissional poderá analisar o seu caso com maior precisão.

Odiei! E agora?
Você fez tudo direitinho – escolheu bem a cor, comprou um bom produto, fez o teste na mechinha e, quando olhou no espelho, soltou um sonoro “odieeeeeei!!!!”. Calma! “Se viu que ficou um horror, lave o cabelo na mesma hora! A pigmentação demora, em média, dois dias, para fixar totalmente. Então, se você não gostar do resultado, lave com bastante xampu, imediatamente. Isso irá amenizar a cor”, afirma Juha. Depois disso, você tem duas opções. A primeira é esperar que a cor saia, naturalmente. Isso demora um pouco, mas você não corre o risco de errar novamente, e não agride ainda mais sua cabeleira. A segunda opção é utilizar uma outra cor por cima da primeira. Porém, muito cuidado! Você terá apenas mais uma chance para acertar. “Se você errar pela segunda vez, é bem difícil que um cabeleireiro possa ajudar”, diz Juha. Porém, se você detestou o visual preto-dark que escolheu, o único jeito de resolver o “probleminha” é com descoloração. Portanto, nos casos extremos, vale a dica do Rodrigo: procure um profissional para consertar a tonalidade.

Cuidados:
Os fios tingidos exigem mais cuidados, portanto, o uso de xampu e condicionador para cabelos coloridos é essencial. “Esse tipo de produto causa menos desbotamento da cor e dá mais brilho ao cabelo”, afirma Rodrigo. Se você usou apenas um tonalizante, uma hidratação a cada quinze ou vinte dias é o suficiente. Mas, se você tingiu, ou fez luzes, utilize a máscara de hidratação uma vez por semana. Juha indica os produtos que contenham queratina ou proteína em sua fórmula, para que restaurem e fortaleçam os fios.

Raízes:
De um a dois meses após tingir seus cabelos, os fios terão crescido o suficiente para aparecerem as famosas “raízes”. Então, será preciso retocar a cor. Um erro comum é passar a tintura no comprimento todo, novamente. “Imagina uma garota retocando a raiz pela décima vez. As pontas do cabelo dela já receberam tinta dez vezes! Isso vai ressecando cada vez mais os fios”, diz Rodrigo. O procedimento correto (que também está indicado no modo de usar) é passar o produto apenas na parte que não tem cor e, somente nos dez minutos finais do tempo de exposição à tinta, aplicar no cabelo todo.

Divulgação

Desastre, na certa!
Em hipótese alguma tente tingir a sobrancelha em casa! O produto pode cair nos olhos e causar um estrago enorme. Além do mais, é muito mais difícil (pra não dizer impossível) atingir a cor desejada. Se resolver mudar a cor da sobrancelha para combinar com o cabelo, só no salão, com um profissional especializado.

Camaleoas:

















2 comentários:

  1. tenho ate que pintar meu cabelo ja rsrs adorei as dicas! bjo, to te seguindo

    ResponderExcluir
  2. tenho um cabelo preto,quero mudar pra loiro,mais eu alisei meu cabelo o que eu faço,não aguento mais essa cor!!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails